11.3.15

A MÚSICA OCUPANDO A CIDADE



O Festival Brasileiro de Música de Rua, há 5 anos ocupa os espaços públicos com música, tornando as cidades mais felizes. Em 2017, o Festival chega ao seu ANO 6 levando uma programação gratuita para Caxias do Sul e cidades da Serra Gaúcha. Serão 4 etapas de movimentação com concertos ao ar livre, espaços de formação e ações de formação de público. Enfim,um festival para quem tem amor pela música.


A programação do Festival conta com mais de 150 atividades musicais, entre concertos gratuitos, oficinas, debates e exibições de cinema. A diversidade é uma das características do Festival Brasileiro de Música de Rua que representa o encontro da música popular com a música erudita, da música eletrônica com a música de raiz, do rap com a música gaúcha, da música do Pará com a música contemporânea da América Latina que fala espanhol.


Criado para incentivar a ocupação dos espaços públicos das cidades da Serra Gaúcha com música, além de concertos gratuitas ao ar livre, o Festival também é um espaço de conexão cultural, conectando Caxias do Sul com as cidades da música na América Latina. Em 2017 o Festival irá receber artistas de todo o Brasil, Argentina, Uruguai, Chile promovendo o intercâmbio intercâmbio cultural.





Outra frente de atuação do Festival são as oficinas de musicalização e cine-debates promovidos em escolas, trabalhando a formação de público na Serra Gaúcha.
Contabilizando as cinco edições realizadas, o Festival Brasileiro de Música de Rua já promoveu mais de 300 concertos, envolvendo 122 atrações artísticas e, interagiu com um público superior a 120 mil pessoas. Em 2017, o Festival acontece em dois momentos. A primeira etapa foi realizada nos dias 14 e 19 de março, em Caxias do Sul. Já, a segunda etapa será realizada em cidades da Serra Gaúcha com data a confirmar, para saber mais clique aqui.


O festival tem como objetivos principais:
  • resgatar o valor da música, levando música bem elaborada onde as pessoas estão.
  • aproximar músicos  e espectadores.
  • contribuir efetivamente para formação de público para a música artística. 
  • promover o encontro de músicos de distintos gêneros, fomentando a diversidade cultural.
  • deixar as cidades mais felizes.
  • unir as cidades da Serra Gaúcha pelos laços da música, promovendo trocas entre artistas locais e internacionais.
  • promover o encontro entre os músicos e agentes da cultura através das conferências da Incubadora da Música;
  • promover artistas e grupos estreantes da região.
  • democratizar o acesso à música artística.
  • contribuir para a divulgação da música de raiz
  • fomentar a Criatividade e a Inovação.

Público atingido em 2016: 30.000 pessoas em 6 cidades da Serra Gaúcha.


Em 2014, o Festival Brasileiro de Música de Rua foi finalista do Prêmio Brasil Criativo, chancelado pelo Ministério da Cultura.